CAIM E O ASSASSINATO

Gênesis 4:9 Perguntou, pois, o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão? Respondeu ele: Não sei; sou eu o guarda do meu irmão?

Vivemos numa era de grande egoísmo, onde apenas o nosso próprio umbigo importa. Não nos interessamos mais pelo próximo, cada vez mais nos tornamos seres antipáticos. Quando Jesus morreu na cruz, ele buscou uma aliança novamente do Homem com Deus e do Homem com o Homem. Ser seguidor de Cristo é demonstrar preocupação e ajudar ao próximo, a partir do momento que não estamos cumprindo com esse papel, estamos tendo uma Síndrome de Caim, aquele que nega suas obrigações e deveres com o próximo.

Segundo as palavras do meu amado amigo Juan Calenti:

“Já pararam pra pensar que o homem foi chamado para cuidar do solo em Gênesis e que Jesus compara o coração com o solo na parábola do bom semeador? Será que no Éden nós homens éramos mestre em compreender o próximo e com a queda nos tornamos antipáticos?

E que temos que desenvolver a capacidade de fazer a leitura dos corações das pessoas, conhecer o solo característico de cada um e cultivar da forma mais eficiente?

O que explicaria que para cada pessoa há um tipo de amor semelhante a cada solo que tem um jeito de arar e explicaria também porque uns são mais difíceis de plantar e outros não?”

Juan Calenti

Voltando pro texto, em Gênesis 4.10-12 vamos ter outra revelação bastante interessante. 

Ao matar Abel, a Bíblia fala que o sangue clama da Terra para Deus, então nos homens que fomos chamados pra cultivar a terra, mestres em compreender nosso próximo, agora subvertemos esse papel. Agora nós matamos nosso próprio irmão, nos afastamos das pessoas e só nos preocupamos conosco. Nosso vínculo que uma vez foi quebrado pelo derramamento de sangue, foi restaurado pelo sangue de Cristo na Cruz. Graças a Jesus Cristo agora temos vida, restauração e comunhão.

Devemos lembrar que em, João 4:20-21 está escrito:

“Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu?E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.”

Como podemos dizer que amamos a Deus se não nos importamos com nosso próximo? Isso não é cristianismo verdadeiro, Deus quer que a gente ame a todos, ajude a todos, mas mesmo assim temos Síndrome de Caim. Onde se fez de desentendido perante a Deus.

Vamos parar de responder “Não sei; sou eu o guarda do meu irmão?”

Vamos pensar mais no outro e se preocupar com o próximo.

Você hoje já foi perguntar como está seu amigo hoje?

9 comentários sobre “CAIM E O ASSASSINATO

  1. bursa escort

    Hi, Neat post. There is an issue along with your site in web explorer, might check this? IE nonetheless is the marketplace chief and a big portion of other people will leave out your fantastic writing because of this problem.| Raina Earlie Benoite

  2. SheLL DOWNLOAD PHP

    Hello! This post couldn’t be written any better! Reading
    through this post reminds me of my good old room mate!
    He always kept chatting about this. I will forward this page to
    him. Pretty sure he will have a good read.
    Many thanks for sharing!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *